Escolha uma Página

BATE COM O PÉ, XAXADO!

elsa 2

“Quando eu danço, vivo um momento mágico!”, diz Elza Chaves. A frase nem chamaria atenção se fosse dita por uma jovem, mas ela tem 84 anos e dança Xaxado. Sim, ela, e mais 24 idosas com as idades que vão de 67 até 84 anos.

Ao todo, são 25 mulheres que compõem o Grupo de Xaxado Mulheres do Cangaço, pertencente ao SESC de João Pessoa, Paraíba.

O grupo fez sucesso durante o Encontro Nordestino de Xaxado realizado em Serra Talhada, Pernambuco no mês passado. A dona Elza, por exemplo, assegura que, quando vai xaxar, sente-se com 50 anos, “pois deixo os 34 restantes em casa”. Sua saúde é ótima. Não tem diabetes, hipertensão, osteoporose e nem faz dieta. “Só tenho medo de morrer em viagem de avião”. Elas ensaiam três vezes por semana durante cerca de três horas, atesta Pedro Cândido, o professor, coreógrafo e responsável pelo grupo que ele fundou há 10 anos. Pedro Cândido viaja muito com elas para apresentações nas cidades próximas. A agenda é cheia, uma média de cinco por mês e nenhuma reclama. As “bichinhas”, assim Pedro as trata carinhosamente, não dão trabalho nesse vaivém todo. Elas gostam e ficam animadas. Devido à idade do grupo, Xaxado verdadeiro foi adaptado a um novo ritmo com passos mais leves.

O figurino é uma criação de Irene Cavalcanti, 71 anos, estilista e costureira. Petronila Silva, 67 anos é a única que ainda trabalha. É bibliotecária. Socorro Costa, professora de artes confecciona bonecas de pano que são mostradas em uma das danças. Fátima Quirino compôs o hino de “As Mulheres do Cangaço “.

Cada uma tem uma história para contar, mas o que importa mesmo é a dança, o ritmo que elas adoram e se apresentam e até cantam com uma alegria contagiante, ao som da música:

Bate com pé Xaxado/Bate com pé rachado….

 







Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *