Escolha uma Página

SÍMBOLOS DE PROTEÇÃO

Uma das maiores características do Cangaço eram os chamados símbolos de proteção. As roupas e adornos destacavam esses símbolos, a exemplo da Estrela de Salomão, da Flor de Lis, da Cruz de Malta e os florais. Tudo, com muita cor nas roupas, chapéus e bornais.

Era uma estética rica que chamava atenção em toda parte, principalmente entre as mulheres. Cada um, tinha seu significado. O Signo de Salomão, a proteção maior, vinha em destaque: nos chapéus e passou a ser o símbolo mais importante tinha origem milenar.

A Flor de Liz, representava a resistência; a Cruz de Malta, também usada nos chapéus. Sua origem vem dos Cavaleiros da Ordem Medieval e não se sabe como chegou até aos cangaceiros, numa época de comunicação difícil, especialmente nos sertões dos anos 30. Já a Flor de Lis era conhecida na região e chamada de Palma. E, finalmente, os florais “espalhados” nas vestimentas.

Tudo isso, imprimiam respeito e até hoje fazem sucesso nas bolsas de couro tão disputadas nos centros artesanais, mesmo 81 anos após a morte do cangaceiro-mor- Lampião. Esses símbolos representavam sobretudo, o sentimento religioso tão presente nos cangaceiros contrastando com a violência usada. As orações, rezas fortes e ainda o sobrenatural estavam impregnadas em cada cangaceiro.







Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *