Escolha uma Página

VERôNICA, A MISTERIOSA

Uma mulher cheia de segredos e mistérios. Foi essa a imagem que essa cangaceira deixou no Bando de Lampião. Casada com o cangaceiro Beija-Flor, os dois passaram pouco tempo no grupo. Um dia, para surpresa de todos, Lampião permitiu que o casal tirasse uma “licença” e fosse para o Raso da Catarina, Bahia. Atitude essa do chefe que surpreendeu a todos, pois ele não permitia afastamento de ninguém. E de lá, os dois sumiram.

Somente com a morte de Lampião em 1938, o casal aparece em Jeremoabo, também na Bahia,  vestido com roupas de couro, como se fossem vaqueiros. Outro mistério. Nessa aparição, nunca disseram o que faziam, onde moravam, muito menos qual argumento apresentado a Lampião que permitiu o afastamento do casal.

Sumiram de novo. Mas em 1965, Verônica  foi vista em São Paulo. A partir daí, nada de soube dela…Entrou e saiu do Cangaço de modo estranho.

Ilustração Pinterest.com







Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *