A FUGA DE HONORINA

maio 16, 2022 | 0 Comentários

Maria Honorina foi uma das mulheres do Bando de Lampião, quase invisíveis. Sua trajetória no Cangaço foi curta, mas, interessante e deve ser contada. Companheira de Volta Seca, um dos mais famosos do Cangaço. Sua história teve início após o combate de Maranduba, ocasião que houve desentendimento entre Lampião e o irmão dela, Leobino. Os três, fugiram do acampamento.

Na escapada, foram cercados pelas volantes de Alagoas comandadas pelo tenente José Joaquim. Leobino morreu com um tiro de rifle na cabeça, mas o casal conseguiu, mais uma vez, furar o cerco correndo até alcançar Salgadinho, onde morava o avô de Honorina. Volta Seca tomou outro rumo e a família da moça, a escondeu na casa de parentes, pois não gostava de Volta Seca. E foi assim que Maria Honorina entrou e saiu do Cangaço. Poucos se lembram dela.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.